Este Site está em Processo de Construção, Desculpe qualquer Transtorno, estamos trabalhando para entregar um Excelente Conteúdo
sexta-feira , dezembro 6 2019
Home / Músicas / Na Espera

Na Espera ✶ Uma Direção Só

RuimNão CurtiLegalExcelenteMaravilhosa (Nenhum voto ainda)
carregandoLoading...
  • Lançamento: 2017
  • Compositor: HaryonCruz; Chiappetta; Oliveira; Gutt

Letra da Música

Relatar Problema

Refrão (oliveira)
Quantos vão falar dessa terra e

Quantos vão lutar nessa guerra?

Na era da esfera que ninguém mais erra

Se ferra quem sofre na espera

(haryoncruz)
É claro que eu não paro, sem amparo
Eu reparo meu valor, meu faro não falhou
Calhou de me mostrar o que eu sei
Cifrões separam distritos do mapa, conflitos nos armam

Extintos da fauna e da flora é o que querem pra nós
Certeza e frieza ao agir, servir proteger, coagir, logo eu?
Sem pai e sem mãe!

Com um sonho do tamanho do que eu sou
Várias noites sem dormir bolando um plano milionário
Visionário
Dicionário diz que o salário é recompensa
Pensa se condiz com oque tem na dispensa

Tem flagrante dispensa, droga dá dinheiro e cadeia
Essas horas que a razão diz: pensa!
30 Pó em pino, uma 9 e uma 40
Lenta sensação de poder que teve meu primo

Duas opções, nenhuma delas acrescenta
Morrer baleado ou rodar como assassino
Cada cabeça uma sentença!

Quase que eu entrei pro crime, a morte quase me teve
Fugi aos 45, mais ligeiro que cê pensa
Sem mamãe pra tomar bênção

Versos me levam ascensão
Minha sessão de descarrego
Carregado pela luz cada um sua cruz
Semi deus eu me apresento
Gerando questionamentos e momentos de terror
Senhor!
Perdoe a criatura que tentar definir o criador

(chiappetta)
Considerando confesso, no alto do plano progresso

Eu peço paz

E não é pedir demais

Onde faz refletir
Persuadir

Se sentir não só traz
Bons momentos pra sorrir

Atingir

Algo bem maior
Construir
Algo com seu suor

Na agonia ria, só o passado tinha
Quem diria que a mensagem passada
Te atingiria po

São rastros de dor
Azar no amor po

Que é sangue frio arde sem se ver

Tenho que ver

O que vou ser, o que ganhar

Deixar o azar pra lá
E dias de glória
Aparecer!

Pro confronto to pronto ao pranto, rabisque arrisque

A humildade é o encanto

Persiste na luta o pé não tem fruta
Quanto mais cê pede ajuda
Mais o mundo te chuta, irmão!

Refrão (oliveira)
Quantos vão falar dessa terra e

Quantos vão lutar nessa guerra?

Na era da esfera que ninguém mais erra

Se ferra quem sofre na espera

(oliveira)
Na verdade, eu não vim dessa area, mas tento
Faço o que eu digo, sempre elevo na levada

E vejo como é

Vou seguindo em frente a caminhada
que eu não paro o que não serve
trato bem só quem me agrada, então não falha!

Falho a fala, é sem conceito, a vida é rara

Raridade que se estende
enquanto basta rir de novo do povo
que sempre mente e dessa mídia que eu me poupo

Louco estou com vida a todo

Momento eu fico novo
Não basta vir com um soco
Na mente em que eu me explodo

Contudo eu não to morto
E correndo com sufoco
Desculpa se foi pouco e a tua alma esquece o corpo

Tampouco eu fique solto
A mente de um tolo
E
U vivendo o meu rolo e serviu de consolo

É o tempo de entender quem dita esse jogo e

Se é tempo de perder, então comece de novo!

Ponte (oliveira e chiappetta)
É devagar que se vai longe
Não perca tempo com a mentira!
Valorize a sua vida de monge
Se baseie só no que acredita!

(gutt)
Mantenha a calma palma que na alma sentia dor
Que perfurava com pregos egos que você inflou
Como a flor do jardim secreto
que é perto do sonho de quem dorme sem teto e
O correto é nunca morrer de amor

Expressado, passado
Geração passada caçada
No mato com arco e flecha
Flecha de fogo que queima nas festas

Infesta a mente no vício resquício
Esquecido
Quem si deu pulo da morte no precipício

Fui leal a quem lutou por mim, é sempre assim
Humildade não se conquista
Veio do berço de onde eu vim

Pra ver diferença, só vença a doença cara
Remédio
Por intermédio pobre morre sem médico

Na calçada de gente cansada jogada pra fora
Sociedade agora apavora na história passada

O relato, fé, até quem nasceu surdo ouviu
Quem se manteve de pé no claro no escuro caiu

Sorriu
Quem não serviu pra ser exemplo
Não falta sabedoria
O que falta é conhecimento, que exemplo?

Pra quem segue no aprendizado e
Almeja que o vento traga
Mais sorrisos e abraços

Nós olhos da criança cansada da guerra notória
Que o impacto fez você pedir na queda misericórdia

Contraditória memória passada do ante-passado
Mas antes passado na história e ter conquistado a glória!

About psytrancebr

Conheça Também

Haikaiss Fotografia de um Instante, Vol. 1 & 2

Relaxa!

Relaxa, tu sabe que eu vou voltar Deixa o meu trampo acabar Vai ter tempo …

Comentários sobre o Artista

Artistas de Rap

  • Post Malone Nacionalidade do Artista
    Post Malone
  • Tyler, The Creator Nacionalidade do Artista
    Tyler, The Creator
  • Bas Nacionalidade do Artista
    Bas
  • Lute Nacionalidade do Artista
    Lute
  • all-star-brasil Nacionalidade do Artista
    All Star Brasil
  • dan-lellis Nacionalidade do Artista
    Dan Lellis
Ver Todos os Artistas de Rap

Gravadoras de Música

  • Jamla Records
    Jamla Records
  • Doggystyle Records
    Doggystyle Records
  • Extrapunk Extrafunk
    Extrapunk Extrafunk
  • Strange Music Inc
    Strange Music Inc
  • Rap-A-Lot Records
    Rap-A-Lot Records
  • white monkey recordings
    White Monkey Recordings
Ver Todas os Gravadoras

Publicidade

Relatar Problema